Castração Solidária atende cães adotados em Vilhena

O curso de Medicina Veterinária, em parceria com a Prefeitura de Vilhena, realizou mais uma castração solidária. Desta vez, a população canina foi atendida. Cerca de 35 alunos do curso, professores da instituição e médicos veterinários voluntários estiveram envolvidos na ação. Os animais castrados estão sob cuidados de grupos de proteção e de famílias que se cadastraram previamente junto à faculdade.

O coordenador do curso na Faron, Rogério Salani, explica que a superpopulação de animais domésticos é um caso de saúde pública e que a castração não é uma forma de mutilar o animal e sim de prevenir algumas doenças graves e evitar o abandono de filhotes impedindo as ninhadas indesejadas, praticando assim, a posse responsável.

O objetivo da instituição é de que com o funcionamento da Clínica Escola, em construção, e do centro cirúgico, que está em fase de implantação, ações como essa se tornem mais frequentes. Ao todo, a parceria entre a Faron e a prefeitura já possibilitou a castração de mais de 150 animais. Recentemente, um grande grupo de gatos também passou pelo procedimento. Com isso, ao mesmo tempo em que a faculdade possibilita ao aluno o aprendizado prático, também reforça seu papel social.