Curso de Agronomia investe em novas técnicas na produção de café

Os alunos do curso de Agronomia, responsáveis pela produção de café clonal no campo experimental da Faculdade Marechal Rondon (Faron), estiveram trabalhando em técnicas para melhorar a produção.

Uma das alternativas escolhida pelos professores para aprimoramento no aprendizado foi a prática da poda no café. Duas técnicas diferentes estão em teste na lavoura: a poda apical e a técnica do envergamento.

A poda adequada do café conilon evita a queda e pode melhorar significativamente a produtividade de fraos, segundo explicaram os professores que estiveram coordenando a atividade.

O Brasil, maior produtor e exportador mundial de café, e segundo maior consumidor do produto, apresenta, atualmente, um parque cafeeiro estimado em 2,3 milhões de hectares. São 287 mil produtores que, fazendo parte de associações e cooperativas, distribuem-se em 15 Estados.