Dia do Agricultor: Faculdade presta homenagem ao homem do campo

Dia 28 de Julho comemoramos o Dia do Agricultor. A data foi instituída em 1960, pelo então presidente Juscelino Kubitschek, para comemorar os 100 anos da criação do Ministério da Agricultura. Muita coisa mudou desde essa época: a ciência, a tecnologia e o empreendedorismo inerentes aos agricultores brasileiros transformaram a arte de produzir alimento.

Tanto é assim, que a produção brasileira de grãos cresceu 400% nos últimos 40 anos, enquanto a área efetivamente semeada aumentou apenas 40%. Mas não é só nisso que se baseia o agro do Brasil. Do algodão da roupa, passando pelo etanol do seu carro, até o pãozinho de cada dia, passam pelas mãos do agricultor.

 

A história por trás da data

Em 28 de julho de 1860, Dom Pedro II criou a Secretaria de Estado dos Negócios da Agricultura, Comércio e Obras Públicas. Já em 1930, depois de diversas mudanças de nomenclatura, a Pasta passou a se chamar Ministério da Agricultura.

E em 1960, o presidente Juscelino Kubitschek foi o responsável pela instituição do dia 28 de julho como Dia do Agricultor, sancionando o Decreto de Lei nº 48.630, de 27 de julho de 1960.

O então presidente criou a data exatamente em homenagem ao centenário da fundação do Ministério da Agricultura por D. Pedro II.

Na época, o presidente disse em seu discurso que “o Brasil deve grande parte da sua prosperidade à economia agrícola”.